IMOBILIÁRIO

Panorama: O Mercado Imobiliário nos Emirados Árabes Unidos

Como funciona o círculo virtuoso econômico dos Emirados Árabes Unidos, e o consequente crescimento do mercado imobiliário.

Dizem que um bom vendedor consegue vender até areia no deserto.

Foi com esse pensamento e essa disposição que os xeques dos Emirados Árabes Unidos (EAU) trabalharam e conseguiram transformar um pedaço do deserto num oásis, hoje maior centro econômico da região.

Os  Emirados Árabes Unidos estão situados no sudeste da Península Arábica e fazem fronteira com Omã e com a Arábia Saudita. Os sete emirados são Abu DhabiDubaiSharjahAjmanUmm al-QuwainRas al-Khaimah e Fujairah.

A maior, mais desenvolvida e mais conhecida cidade dos Emirados Árabes Unidos é Dubai. A capital e também a segunda maior cidade dos EAU é Abu Dhabi, que também é um grande centro de atividades políticas, industriais e culturais.

Hoje, os Emirados Árabes Unidos são a 36ª maior economia do mundo, sendo um dos países mais ricos com um PIB per capita de 54.607 USD por ano (Fonte FMI). Encontra-se em 32º lugar no ranking do índice de desenvolvimento humano.

Faz parte da Liga Árabe, e a nação também é membro da Organização das Nações Unidas, da Organização da Conferência Islâmica, da Organização dos Países Exportadores de Petróleo, e da Organização Mundial do Comércio.

photo_video_gallery_landing_02_Hero_Desktop copy

Como tudo começou?

A habitação mais antiga encontrada no território dos Emirados Árabes Unidos data do período neolítico de 5500 a.c..

Desde os primórdios essa região já mostrou sua vocação como porto de passagem e escala geográfica econômica e comercial, tendo relevante importância como alternativa de acesso à rota do Mar Vermelho.

No início da década de 1930, a primeira empresa petrolífera dos EAU iniciou suas pesquisas preliminares e então, o primeiro carregamento de petróleo bruto foi exportado de Abu Dhabi em 1962.

A partir daí os Emirados Árabes Unidos passaram a ter uma posição de destaque no mercado do petróleo, com 6ª maior reserva mundial do óleo.

Em 1968, o Reino Unido Britânico que mantinha uma relação de protetorado com os xeques na região, anunciou sua decisão de em março de 1971 dar um fim às relações com os sete emirados, junto com Bahrain e Qatar, na época sob proteção britânica.

Os nove tentaram formar uma união de emirados árabes, porém em meados de 1971 eles ainda eram incapazes de concordar nos termos de uma união.

Assim Bahrain tornou-se independente em agosto, e Qatar em setembro de 1971.

Quando o tratado britânico com os sete emirados restantes expirou em 1º de dezembro de 1971, os sete estados que ainda não haviam declarado suas independências acabaram se tornando independentes juntos, como um país único.

Os mandantes de Abu Dhabi e Dubai formaram uma união entre seus dois emirados independentes, prepararam uma constituição, e chamaram os mandantes dos outros cinco emirados para uma reunião e ofereceram-lhes uma oportunidade de participar deste novo país.

Também foi acordado entre os dois que a constituição seria assinada a 2 de dezembro de 1971. Nesta data, no Palácio Guesthouse de Dubai, quatro outros emirados concordaram em entrar em uma união que se chamaria Emirados Árabes Unidos. O último dos emirados apenas se juntou depois, no início de 1972.

ATP Exterior Aerial_0009

Investindo no Futuro

Foi aí que a criatividade e visão de futuro de dois homens tiveram um papel preponderante. O xeque Rashid bin Saeed Al Maktoum (1912 –1990), e depois seu filho Maktoum bin Rashid Al Maktoum, atualmente o primeiro-ministro e vice-presidente dos EAU e o governador de Dubai, tiveram uma preocupação muito grande em relação ao futuro de Dubai e dos Emirados Árabes Unidos e sua grande dependência do petróleo.

Desde o início de sua gestão eles se preocuparam em desenvolver a região dos emirados, e começaram por Dubai, para que o emirado não dependesse economicamente só do petróleo.

Decidiram criar uma infraestrutura moderna, de primeiro mundo, que possibilitasse trazer turistas para explorarem a região, e empresas para aí se fixarem e fazerem seus negócios, transformando Dubai num destino turístico e comercial natural e bastante procurado.

Assim desenvolveram um plano estratégico, depois estendido para o eixo Dubai – Abu Dhabi, extremamente criativo, sinergético e inteligente.

Apostaram que todo o desenvolvimento estaria apoiado em três pilares:

  1. Desenvolvimento da Indústria do Turismo
    1. Criação de parques, shoppings, e empresas de turismo
    2. Construção de aeroportos
    3. Investimento em mobilidade urbana com linhas de metrô
    4. Construção de hotéis
    5. Associação de uma imagem de sofisticação, elegância e luxo a todos os projetos, parques e hotéis associando tudo isso á marca registrada dos Emirados Árabes Unidos
  1. Exploração do Negócio de Logística
    1. Criação da maior empresa aérea da região, a Emirates Airlines
    2. Exploração do transporte de carga aérea e marítima
    3. Criação da maior conexão de transportes aéreos de passageiros e cargas em toda a região
    4. Construção do maior porto da região
    5. Criação de uma zona de livre comércio para atrair e incentivar empresas de logística a se instalarem nos EAU
  1. Sólida base Econômica e Financeira.
    1. Os bancos dos Emirados Árabes Unidos estão entre os mais seguros do mundo
    2. Os bancos seguem uma regulamentação econômica e financeira muito rigorosa para evitar especulações
    3. O Banco Central dos EAU criou uma série de exigências muito rigorosas em matéria de adequação de capital, comparada as mais exigentes dentro dos padrões internacionais
    4. Criação de todo um ambiente de investimento seguro para a realização e garantia de sucesso dos negócios

Com isso o eixo Dubai – Abu Dhabi se desenvolveu e se transformou num grande centro turístico e de negócios, onde todos os componentes econômicos necessários existem e se somam, se multiplicam, e tem uma sinergia de fazer mais e mais negócios,  fazendo da região um polo comercial com incomparáveis oportunidades  econômicas muito positivas.

Como fica o mercado imobiliário num ambiente desses?

O mercado imobiliário num ambiente virtuoso como o criado no eixo Dubai – Abu Dhabi se beneficiou muito, atendendo de forma bastante ampla os cinco pilares que sustentam um bom investimento imobiliário, que são:

  • DiversificaçãoAs cidades de Dubai e Abu Dhabi oferecem hoje uma gama enorme de empreendimentos imobiliários para todas as faixas de investimento, atendendo investidores e usuários finais, e para todas as finalidades, como residenciais, comerciais e hoteleiras. Além disso, a localização geográfica privilegiada, no centro de gravidade do mundo dos grandes negócios e com acessibilidade completa aos maiores centros econômicos internacionais, atrai muitos investidores e compradores.
  • RentabilidadeO círculo virtuoso de negócios acima descrito proporciona uma rentabilidade garantida aos investimentos imobiliários, pois cada vez mais empresas chegam aos EAU, novos hotéis se instalam nas cidades, e aumenta o número de residentes, empresários e turistas que necessitam de um local para sua moradia ou estadia, o que possibilita manter o mercado imobiliário plenamente ativo, aquecido e equilibrado entre oferta e demanda.
  • SegurançaO ambiente criado pelos EAU buscou nesses últimos anos se aperfeiçoar, escolhendo como “benchmark” os melhores países para se investir existentes no mundo, e seguindo suas receitas de forma a proporcionar segurança para seus negócios nos quatro principais vieses: o institucional, o jurídico, o econômico e o de segurança pública. Os quatro estão bem garantidos pelas leis vigentes no país, hoje também considerado um dos melhores e mais seguros países para se investir, para fazer negócios e para se viver no mundo.
  • LiquidezDepois do estouro da bolha imobiliária ocorrida em 2008, que também afetou os EAU, as regulações estabelecidas pelo estado aumentaram muito. O governo passou a inibir especuladores ao dobrar as taxas transacionais e criar regras para ajudar investidores a obter compensações caso projetos imobiliários sejam cancelados. Essa combinação de novas regras e um cenário econômico estável possibilitaram os novos investimentos e a existência de demanda para compra desses novos projetos. Além disso, com diversos novos projetos patrocinados pelo governo e com a escolha de Dubai para sediar a Feira Mundial de Negócios de 2020, mais e mais empresas se preparam para estarem presentes nos EAU e para participar desse novo mercado internacional que está se abrindo, e aumenta dia a dia.
  • Facilidade de AquisiçãoO mercado imobiliário dos EAU proporciona diversos incentivos para investidores, empresas e pessoas adquirirem seus imóveis no país. Dentre eles gostaria de destacar:
    • A isenção de impostos para compra e venda de imóveis.
    • A segurança oferecida à realização dos negócios.
    • O crescimento sustentado nos últimos 20 anos com PIB’s entre 7 e 8%.
    • O preço do metro quadrado menor se comparado às melhores cidades do mundo.
    • A sofisticação, bom gosto e luxo proporcionados nos empreendimentos, que são destaque no mercado imobiliário internacional.
    • Formas de pagamento bastante facilitadas e com ampla possibilidade de financiamentos hipotecários a juros bem atrativos.
    • Taxa de aluguel girando em torno de 6 a 7% ao ano em relação ao valor investido no imóvel.
    • Apoio do Estado aos projetos, com fornecimento de toda infraestrutura de transporte local, construção das vias públicas, fornecimento de facilidades (água, luz e esgoto), segurança, serviços médicos e escolas.
    • Processo de compra e venda, e registro dos imóveis rápido e desburocratizado;
    • Visto de residência para investimentos em valores acima de USD 366.000,00*
      • *Sujeito a aprovação do governo;

Conclusão

Assim, tentamos nesse artigo mostrar de forma bem sintética o porquê dos investimentos imobiliários no eixo Dubai – Abu Dhabi terem crescido tanto nos últimos anos, terem tanto sucesso e serem tão seguros.

De fato ao EAU souberam criar toda uma infraestrutura de negócios que se auto alimentasse e crescesse, possibilitando bons resultados a todos, e atraindo assim mais e mais negócios para o país, e melhorias para a sua população.

Nesse ambiente o mercado imobiliário cresceu, cresce e continuará crescendo para atender a demanda das cidades e de seus moradores, visitantes e inquilinos.

É o puro estudo de caso de um país bem administrado, com olhos no futuro e consciente de suas dificuldades, para serem superadas.

Aproveitando o gancho do início da matéria, foi assim que os EAU estão fornecendo hoje toneladas de areia para a construções de sua infraestrutura para o futuro no seu deserto.

Sobre a HC Corporate

A divisão Imobiliária (Real Estate) da HC é especializada em promover para investidores e clientes no Brasil oportunidades de investimentos imobiliários oferecidos por nossos parceiros no exterior.

Caso queiram saber como participar do mercado mobiliário nos EAU entrem em contato aqui ou através do e-mail: corporate@huitantecinq.com, que teremos o máximo prazer em assessorá-lo com o melhor que o mercado oferece.

hc corporate cayan cantara dubai

Cayan Cantara

Conheça hoje o empreendimento imobiliário Cayan Cantara um investimento imobiliário de alto padrão do Cayan Group localizado no coração de Dubai, palco da feira mundial Expo 2020.

Cadastre-se aqui selecionando a área de interesse Imobiliário (Real Estate) e receba nossas notificações por e-mail incluindo nosso portfólio completo de projetos Imobiliários.

Fontes: VisitDubaiWikipedia.

Anúncios
Padrão

30 comentários sobre “Panorama: O Mercado Imobiliário nos Emirados Árabes Unidos

  1. Pingback: Vídeo: Cayan Cantara – Dubai, Emirados Árabes Unidos | HC Corporate

  2. Pingback: 6 Razões para Investir no Mercado Imobiliário de Dubai | HC Corporate

  3. Pingback: Imóvel no Exterior: Cayan Cantara – Dubai, Emirados Árabes Unidos | HC Corporate

  4. Pingback: 4 Motivos Para Investir em Imóveis em Dubai | HC Corporate

  5. Pingback: E-Book: Invista no Exterior – Investir no Exterior? Por quê? Como? Quando? Você vai se interessar! | HC Corporate

  6. Pingback: E-Book: Por que Investir no Mercado Imobiliário de Dubai? | HC Corporate

  7. Pingback: 11 Grandes Razões para Investir em Dubai | HC Corporate

  8. Pingback: Prévia: Imóvel no Exterior: Damac Akoya Imagine Villas | HC Corporate

  9. Pingback: Imóvel no Exterior: Paramount Tower Hotel and Residences – Dubai, Emirados Árabes Unidos | HC Corporate

  10. Pingback: Novo Recorde: USD 31,3 bilhões gastos por visitantes em Dubai | HC Corporate Imóvel no Exterior, Investimento Exterior e Comércio Exterior

  11. Pingback: Como investir em imóveis em Dubai com a HC Corporate? | HC Corporate Imóvel no Exterior, Investimento Exterior e Comércio Exterior

  12. Pingback: Guia de Imóveis no Exterior: 10 Posts Para Começar a Investir Hoje! | HC Corporate Imóvel no Exterior, Investimento Exterior e Comércio Exterior

  13. Pingback: Imóvel no Exterior: One Palm – Dubai, Emirado Árabes Unidos | HC Corporate Imóvel no Exterior, Investimento Exterior e Comércio Exterior

  14. Pingback: Imóvel no Exterior: Golfotel – Dubai, Emirado Árabes Unidos | HC Corporate Imóvel no Exterior, Investimento Exterior e Comércio Exterior

  15. Pingback: 5 Oportunidades Exclusivas de Investimentos Imobiliários no Exterior! | HC Corporate Imóvel no Exterior, Investimento Exterior e Comércio Exterior

  16. Pingback: E-Book: Introdução ao Investimento Imobiliário! | HC Corporate Imóvel no Exterior, Investimento Exterior e Investimento Imobiliário

  17. Pingback: 3 E-Books Para Você Começar a Investir em Imóveis Hoje! | HC Corporate Imóvel no Exterior, Investimento Exterior e Investimento Imobiliário

  18. Pingback: Vídeo: Imóvel no Exterior: Damac Akoya Imagine Villas | HC Corporate Imóvel no Exterior, Investimento Exterior e Investimento Imobiliário

  19. Pingback: Vídeo: O Novo Logo da Expo 2020 Dubai | HC Corporate Imóvel no Exterior, Investimento Exterior e Investimento Imobiliário

  20. Pingback: Imóvel no Exterior: Aurum Villas – Dubai, Emirado Árabes Unidos | HC Corporate Imóvel no Exterior, Investimento Exterior e Investimento Imobiliário

  21. Pingback: Condição Especial: Ganhe 1 Mercedes-Benz A250 Sport na compra de 1 villa na Aurum Villas – Dubai! | HC Corporate Imóvel no Exterior, Investimento Exterior e Investimento Imobiliário

  22. Pingback: 5 Razões que a Expo 2020 está Beneficiando o Mercado Imobiliário de Dubai! | HC Corporate Imóvel no Exterior, Investimento Exterior e Investimento Imobiliário

  23. Pingback: Tipos de Visto para Investidores e Compradores de Imóveis em Dubai | HC Corporate Imóvel no Exterior, Investimento Exterior e Investimento Imobiliário

  24. Pingback: Vídeo: O Plano Master da Expo 2020 Dubai! | HC Corporate Imóvel no Exterior, Investimento Exterior e Investimento Imobiliário

  25. Pingback: Novo Distrito Financeiro de Dubai -The Emirates Towers Business Park – terá Investimentos de USD 1,3 Bilhão | HC Corporate Imóvel no Exterior, Investimento Exterior e Investimento Imobiliário

  26. Pingback: Empreendimento no Exterior: SOBHA Hartland – Dubai, Emirados Árabes Unidos | HC Corporate Imóvel no Exterior, Investimento Exterior e Investimento Imobiliário

  27. Pingback: Dubai movimenta USD 20 Bilhões em Imóveis com Alta de 45% no Primeiro Trimestre de 2017! | HC Corporate Imóvel no Exterior, Investimento Exterior e Investimento Imobiliário

  28. Pingback: Vídeo: Al Wasl Plaza – O Palco Central da Expo 2020 Dubai! | HC Corporate Imóvel no Exterior, Investimento Exterior e Investimento Imobiliário

  29. Pingback: Dubai é Líder em Empreendimentos Comerciais e Varejistas! | HC Corporate Imóvel no Exterior, Investimento Exterior e Investimento Imobiliário

  30. Pingback: Guia Como Comprar Imóveis no Exterior 2017: 20 Posts Para Começar a Investir Hoje! | HC Corporate Imóvel no Exterior, Investimento Exterior e Investimento Imobiliário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s